sexta-feira, junho 27, 2008

Canyoning no Rio Teixeira

video
Eu a saltar no Rio Teixeira (o grande salto de 18m é que vai ter de ficar para a próxima...)

Sábado passado foi dia de descer o Rio Teixeira. Bela tarde que lá passámos! :)

Um obrigado à empresa Tobogã pela boa descida que nos proporcionou.

Foto de grupo antes de iniciarmos a descida: André, eu, Gaspar, Ricardo, Pedro, Rui Pedro, Paulo e Lino (sentado no chão)

Eu na primeira grande cascata

Lino




André

Ricardo

Ricardo e Gaspar

Gaspar

Pedro em grande estilo

Paulo

Eu na segunda grande cascata

Gaspar




Paulo a saltar

Eu num pequeno salto

Pedro a saltar

Rui Pedro a saltar

terça-feira, junho 24, 2008

basto move.te

No passado dia 14 fomos a Cabeceiras de Basto para fazer uma caminhada organizada pela associação basto move.te.

Esta jovem e dinâmica associação tem organizado diversas actividades nas Terras de Basto, e já no próximo dia 27 de Julho organizará uma prova de Orientação Pedestre em Celorico de Basto que estará integrada nas festas do Concelho: se puder dou lá um saltinho.

Quanto à caminhada em si surpreendeu-me pela beleza dos locais e das aldeias por onde passámos.

Elsa, Eu e B; atrás um espigueiro da Aldeia de Carrazedo

Terras de Basto

B e Alex nos Moinhos de Rei

sexta-feira, junho 13, 2008

BTT pela Serra de Montemuro e Douro


A nossa volta. A bateria do GPS acabou-se perto de Cinfães, de onde viemos por estrada até Nespereira e depois ainda fizemos uns 5kms de mato até Alvarenga.

Adiado o programa de 2 dias de BTT nas aldeias históricas devido a lesão do Hugo, eu e o Lino decidimos pegar na mesma na bicicleta e ir pedalar por esse país fora.

Na 2ª feira fomos de carro até Alvarenga, e aí começámos a pedalar com as cartas militares à frente. O objectivo era atravessar a Serra de Montemuro e chegar a Lamego. Não conhecíamos esta serra e ficámos agradavelmente surpreendidos: bonita, remota e com bons trilhos. Certamente que há muito mais para descobrir lá e é um local a regressar.

Neste primeiro dia fizemos 65km, maioritariamente fora do alcatrão, e 2100m de subida (nos primeiros 6km já tínhamos 600m).

A roda traseira da minha bicla também ficou irremediavelmente danificada durante o dia o que nos limitou o andamento. Um obrigado ao Paciência por me ter desenrascado uma roda emprestada, e um super-obrigado à B por me ter vindo trazer a roda a Lamego à noite!

E já agora um obrigado também aos Bombeiros de Lamego por nos terem deixado pernoitar no quartel! :)


Eu e Lino na Sra. do Monte, perto de Alvarenga


Serra de Montemuro


Muito vento lá em cima! Os muitos parques eólicos que já lá existem acabaram por trazer bastantes estradões que facilitam a progressão

Capela de São Pedro


Trilhos na Serra de Montemuro


Parque eólico de Fonte da Mesa, já perto de Lamego



E o burro sou eu??

Na 3ª feira fizemos cerca de 95km e 2300m de subida acumulada. Fomos para o Douro onde os grandes desníveis e declives acentuados nos deram muito trabalho.

Por falta de alternativas acabámos por fazer mais alcatrão neste dia, mas as paisagens magníficas compensam bem uma visita àquela região. Por duas vezes neste dia subimos do nível do rio (~50m) acima dos 800m!

Início do dia em Lamego

Douro - subida para Mesão Frio

Alto Douro Vinhateiro

Nos montes ali para os lados de Baião




quarta-feira, junho 11, 2008

Parapente na Lousã

No Sábado passado, com o pretexto de um casamento na Lousã, aproveitámos para fazer algo de que já falávamos há bastante tempo: parapente!

Devido à falta de vento nas manhãs da Lousã, o que ficou combinado foi fazermos paramotor. Só a B é que acabou por fazer o paramotor porque o motor gripou logo no vôo dela. Felizmente o vento apareceu com o passar da manhã e eu, a Mariana e o André acabámos por poder fazer parapente.

Muito bom! Era o primeiro vôo para todos nós, e todos gostámos muito! Uma experiência inesquecível.

André, Mariana, eu e Bárbara

B a preparar-se

B a levantar vôo ao fim de algumas tentativas



Rasante

Mariana a levantar vôo



André muito empenhado em levantar vôo





Quando chegou a minha vez aproveitei para tirar fotos em pleno vôo




A "pista" de aterragem lá em baixo