segunda-feira, fevereiro 12, 2007

Atenas e o melhor da Grécia

Foi-me permitido, pelo Chefe, também postar aqui. O meu agradecimento público e a garantia de, pelo menos, tentar corresponder às espectativas depositadas.
A 1ª coisa que gostaria de dizer é que estou a adorar porque já há uns tempos que "também queria dizer qualquer coisita"... (Segredo nº 1)

Assim, o 1º post é para meter nojo! Para comunicar que, em trabalho, fui à Grécia. Como o meu mais-que-tudo não estava disponível, fui com a sua substituta à maneira, a Inês. Segredo nº 2 - Viagem de gaija é coisa boa e aconselha-se!

Levámos o guia Lonely Planet "Atenas e o melhor da Grécia".

Começámos por visitar a capital. Não que eu seja uma conhecedora do mundo, mas os mais de 40 países calcorreados, permitem-me dizer, com alguma segurança, que Atenas é só calhau! Dentro do género, gostei bastante da maneira como eles preservam o seu património, das inúmeras esplanadas, do ar bon vivant dos tipos, da comida maravilha.
Mau, mas mesmo mau, mas mesmo mesmo mau foi o tempo de chuva e de frio que nos pôs, às duas, a competir em quem gastava uma embalagem de lenços mais rápido! Não, pior ainda! Mesmo mesmo mesmo mau era a decoração "dourada" e "luxuosa" do nosso hotel. Era um "deluxe" grego, vulgo um hotel standard no resto da Europa, com muitos inconvenientes: 1) pequeno-almoço de tal forma completo e variado que mal conseguimos comer o que quer que fosse; 2) Pedidos à recepção que foram "convenientemente" esquecidos umas quantas vezes; 3) empregadas da limpeza que entram, sem bater à porta, só para "checking, checking"... Enfim, um mundo diferente! Segredo nº 3 - Apesar de deluxe, a única piscina que o hotel tinha era exterior e mais pequena que a minha banheira!


Acrópole ao entardecer


Atenas


Atenas - vista de cima do miradouro








Depois ainda fomos a Meteora, local património da Unesco. 6 horas e tal de camionetas, pelo interior esquecido e ostracizado da Grécia para dar uma vistita de olhos em algo verdadeiramente fantástico. Valeu bem a pena! Aquilo são mosteiros (eram 24, mas de momento apenas 8 estão ainda activos e 6 deles são visitáveis) construídos no topo dos topos do mundo! Inigualável!
Pelo caminho, passámos pela zona dos lagos, sofremos tempestade de neve daquelas à séria e andámos 1h paralelos ao lago gigante, sem ondas, a que eles chamam Mar Mediterrâneo.

Segredo nº 4 - Duas mulheres a viajarem sózinhas, chamam mesmo a atenção...


Mosteiro de Varlaam









Para terminar, no último dia de "férias", ainda demos um saltito à ilha de Hydra. Não é das mais conhecidas, nem das mais visitadas. A nossa escolha baseou-se no tempo de viagem (depois de Meteora isso era um factor bastante importante!) e no guia que dizia que Hydra é o Portofino italiano ali do sítio. O facto de não ser permitida a circulação automóvel e tudo se fazer com burritos também ajuda à beleza do local.
Segredo nº 5 - Hydra poderá ser um destino fantástico para jovens casais: é só mar e burros!


Gaijas fantásticas na ilha fantástica!


Vista geral de Hydra

4 comentários:

André Costa disse...

Mas... mas... mas... O que é isto?!?!
Oh Bá, "...comunicar que, em trabalho, fui à Grécia." TÁS A GOZAR COM A MALTA????
Eu quando vou em trabalho, vou mesmo!!! O máximo a que tive direito foi tomar um capuccino em Milão e comprar umas sapatilhas em Nuremberga (da Salomon... :) )!Pronto tá bem, e a jantar em Instanbul, ao lado do Bósforo com vista para a Ásia, ah... e petiscar qualquer coisinha ali nos Campos Elíseos... e já agora, aquele passeio em Budapeste também teve piada... E tb já te disse que a gastronomia catalã é do melhor?! :))))

Agora, 3 dias de trabalho como esses nunca tive...


Beijos e abraços.

P.S.: TOMA! BAI BUSCAR... e para a próxima não venhas meter nojo em blogs sérios... :)
Oh grande Chefe, como foste capaz... :))

disse...

Gosto deste povo português trabalhador!

Joana disse...

joana diz:
grande pandiga! Fico feliz por se trabalhar e viajar por esse mundo for, se se pode juntar o útil ao agradável porque não?
Viagem de MULHERES faz sempre bem, reanima a ALMA.
Beijinhos à Bárbara, ao Xará e à Inês - ilustre e sortuda companheira!:)

Janeko disse...

Chefe, como pudeste permitir?...

Bárbara,
tive a amabilidade de colocar os senhores desta lista http://www.fct.mctes.pt/pt/contactos/ ao corrente deste blog...

Abraços e beijinhos,